MÉTODO PARA UM BOM RELACIONAMENTO AFETIVO

Ninguém nos ensinou a administrar um relacionamento ou a ser felizes. Quase todos aprendemos mal e porcamente com os coleguinhas mais velhos e com as novelas. Ou seja, aprendemos tudo errado. Aprendemos que o relacionamento afetivo deve ser tratado como um cabo de guerra em que cada qual precisa puxar para o seu lado, extrair o máximo e ceder o mínimo. Mas essa não é a fórmula do sucesso. Para construir um bom relacionamento afetivo e preservá-lo por muitos anos, é necessário ofertar o máximo de si, ceder tudo o que puder e não fazer cobranças. O intuito deste trabalho é procurar ajudar os casais – tanto os jovens quanto os não tão jovens – a superar suas dificuldades e melhorar seu relacionamento.

Dica do livro: Alternativas de Relacionamento Afetivo – escritor: DeRose