A consciência humana

Conforme pesquisas científicas da Harvard Business School explicam, a consciência humana é composta na média por apenas 3% de consciente e, portanto, 97% de inconsciente. Sendo assim 97% de seus atos e decisões, são tomados com base nos registros de seu inconsciente e não através da lucidez.

É muito impressionante isso, não acha? Isso significa que uma pessoa comum vive como uma marionete de seus registros inconscientes. No entanto, temos a impressão que estamos no comando lúcido de nossas vidas. Obtemos assim uma explicação para frases comuns que falamos no dia-a-dia como: “Desculpe, falei sem pensar”.

Isto nos mostra que temos pouca autonomia sobre nossas vidas, a não ser que treinemos a ampliação do consciente. Através de um método de autoconhecimento podemos descobrir a nós mesmos e imprimir novos registros, desta vez por vontade própria e não por resultado inconsciente das vivências que todos temos desde que nascemos.

Curiosamente, filosofias antigas já sabiam disso, e desenvolveram técnicas para aumentar o percentual de ações e decisões conscientes.

Através de treinamentos de mentalização, respiração, meditação, concentração, reprogramação emocional e técnicas orgânicas, o praticante gradualmente expande sua consciência.

O resultado é uma pessoa mais realizadora e realizada.

 

Gustavo Oliveira